Como iniciar a carreira de investidor

Como iniciar a carreira de investidor

Certamente já teve aquele sentimento de que necessita tomar a decisão de mudar a forma com que tem realizado seus investimentos, de fazer escolhas acertadas, de tornar-se lucrativo, ser consistente e constante nos rendimentos, poder mudar de vida e iniciar uma carreira de investidor de sucesso, dizer adeus ao chefe e passar a trabalhar para si próprio, gerir seu tempo a sua maneira e ganhar qualidade de vida, mas então surge aquela pergunta de como fazer isso? Como alcançar a meta?

O ponto fundamental de partida para iniciar uma carreira de investidor é evitar grandes perdas

Se há uma coisa certa à maioria dos investidores iniciantes, e que a dado momento cometerá o primeiro grande erro, momento este em que sofrerá uma emoção que qualquer pessoa odiaria, isso é o que provém de ver uma perda não realizada em seus investimentos tornando-se cada vez mais profunda. No entanto a maioria destes investidores iniciantes não irá tomar a decisão de parar esta perda.

Quando uma perda é muito grande, advinda de uma má gestão, como por exemplo uma operação sem stop-loss, ela normalmente é agravada de tal forma que torna-se uma bomba nuclear para conta de investimento, e o pior é que este investidor iniciante não tem nenhuma reação a esta “sangria” a não ser continuar a olhar para a ruina da carteira sofrendo a deterioração monetária e emocional deste momento, mas continuará dizendo e afirmando a sí mesmo que a tendência do ativo irá inverter a seu favor e evitar toda esta perda.

O primeiro grande erro

Uma única perda pode ser capaz de aniquilar sua conta investimento.

O dito popular diz que “prevenir é melhor do que gerir”, e isto aplica-se também aos investimentos, o objetivo aqui não é impedir completamente que as perdas cheguem, isto seria excelente, mas é impossível, elas são parte inerente de um balanço no final do período, mas o objetivo é impedir por meio de uma bom planeamento que pequenas perdas tornem-se grandes perdas, e que sejam suficientemente danosas ao ponto de prejudicar de tal forma sua conta de negociação que o impeçam de continuar a investir, ou até literalmente levá-lo para fora dos mercados, isto é, temos que “prevenir” através de uma eficiente gestão que isto não aconteça.

Quando se está a iniciar, muitas vezes tem-se um sentimento de ter detetado uma oportunidade de investimento incrível, e começa-se a pensar que, após a compra se este ativo subir tantos cêntimos, (o que para esta pessoa é muito provável segundo sua análise e interpretação), vai ganhar-se muitos milhares de euros, e com este lucros poderá comprar isso, mais isso, e aquilo de novo, etc.

Este é comumente um erro de projeção, mas que rapidamente torna-se também um erro de gestão de riscos, pois ele distorce o julgamento, a pessoa torna-se demasiado confiante e começa a alocar mais capital e investe tudo nesta “oportunidade incrível”, no entanto, logo que realiza o investimento, o mercado começa a mudar de direção e volta-se contra nós, e agora?

Todo esse viés psicológico desta decisão, esta agora em enorme risco, e todos aqueles pensamentos e planos de ganhos e compras que haviam sido feitos tornam psicologicamente impossível desfazer-se deste investimento em um movimento de perda, e alem de tudo, isto seria aceitar estar errado, declarar ter acreditado em um ganho enorme e finalmente vê-lo evaporar com todos os bons pensamentos e expectativas que tínhamos criado em torno dele.

O mais difícil nos investimentos é admitir estar errado e desfazer de um plano em que houve ganho de esperança, e a maioria destes investidores irá manter esta esperança de ganho, mantendo o investimento e acusando perdas cada vez mais pesadas.

Ao olharmos para a conta de um investidor iniciante, facilmente percebemos que seus ganhos são normalmente pequenos, e que as suas perdas costumeiramente são grandes.

O medo de ganhar

Quando um investidor não consegue assumir e cortar rapidamente suas perdas, isto desenvolve uma espécie de medo de ganhar, isso mesmo, medo de ganhar, pois assim que entra em um investimento ou assume uma determinada posição em que começa a ganhar, rapidamente quer fechá-la, realizar os míseros lucros que esta a ter, isto significa que esta emocionalmente com medo de ver seu ganho desaparecer, mas quando estão errados, e a operação em que assumiram um posicionamento vai contra o que esperavam, mantém esta posição, o que os faz perder mais e mais.

As contas de negociação dos novatos podem ser reconhecidas facilmente quando olhamos para seu histórico de negociação, e se não aprenderem rapidamente com os erros, não irão sobreviver mais que três ou seis meses no mercado, por isso, caso esteja a iniciar investimentos, certifique-se de que está a aprender com seus erros, e não os repita.

Como evitar este tipo de decepção

Investir na bolsa de valores é uma atividade que requer empenho e dedicação no aprendizado de como o mercado e todo o sistema funcionam, e não será possível aprender a investir e tornar-se um investidor bem-sucedido a longo prazo se não tiver o conhecimento, o domínio e a prática dos conceitos e técnicas essenciais aos investimentos.

De fato, poucas pessoas sabem como investir corretamente e a maioria apenas perde o dinheiro investindo, portanto, o primeiro mito que deve-se abandonar é o de que é possível enriquecer em curtíssimo prazo operando na bolsa, e sem grandes esforços.

Pensar assim é a causa da ruína financeira de muitos, pois é necessário respeitar o mercado e compreender que, se não fizer a sua parte para aprender a investir e não buscar o máximo que pode, não conseguirá ganhar qualquer dinheiro com seus investimentos.

Apesar de exigir esforço e dedicação no aprendizado, os conceitos e técnicas que precisará dominar para aprender a investir na bolsa de valores não são extremamente complexos e tampouco exigem formação superior específica em qualquer área para serem dominados, e com a contratação de uma boa formação em investimentos é possível poupar muito dinheiro e obter uma grande vantagem ao evitar cometer erros que a maioria dos investidores iniciantes comete.

A primeira boa dica a todos aqueles que estão a iniciar, é que o melhor a se fazer é não investir todos os seus recursos imediatamente, mas começar com um pequeno capital, ir familiarizando-se com os mercados, exercitando e aprendendo, e em seguida, depois de 6 meses a investir, então adicionar à sua conta o dinheiro que pretendia investir no início, assim terá tido tempo para aprender a limitar riscos para uma pequena parcela de seu capital total, e agora já saberá como gerir um montante maior.

A segunda dica valiosa é ter uma estratégia de negociação bem definida que o permita saber o porquê está assumir esta posição, e em que momento ela deixará de ser interessante, prevendo e definindo “no pior cenário” onde à abandonará, sairá da posição e assumirá o erro e as perdas originadas, sabendo exatamente qual será sua perda se tudo correr mal, e da mesma forma, sendo realista, defina onde recolherá seus lucros.

A terceira dica importantíssima é analisar o risco-retorno deste investimento, se estiver a assumir um risco de perda superior a um, para obter um retorno de três, deve desistir imediatamente dele, em outras palavras, “nunca arrisque perder um se não tiver uma possibilidade real de ganho mínima de três”.

A quarta dica é proteger-se de grandes perdas. Imagine-se em um ring de box, de um lado você e do outro um campeão mundial peso pesado, o que precisará fazer antes de tentar acertá-lo com qualquer golpe é certificar-se de que ele não o acerte, pois poderá bastar apenas um golpe para seu knockout, da mesma forma pense em seus investimentos e use sempre o stop-loss. Esta ferramenta está a disposição em qualquer plataforma de investimento e foi desenvolvida com o objetivo de fazer cumprir as estratégias de investimento dos investidores, ou seja, para que seja possível limitar as perdas, assumindo pequenas perdas quando as coisas correm menos bem.

A quinta dica é deixar correr seus ganhos, não mate a nascença um investimento de sucesso, se não aprender a deixar correr seus ganhos nunca conseguirá ver seus investimentos crescerem, para crescer financeiramente terá não só que limitar as suas perdas, será necessário que maximize seus lucros. Use a segunda dica e tenha uma estratégia de investimento, por exemplo, break-even, trailing-stop, ou aquela que defina como sua estratégia, mas deixe-os correr, e vá os protegendo à medida que crescem.

Por fim a sexta e última dica é que busque apoio profissional através das formações em investimentos. Para tornar-se médico é necessário estudar vários anos, aprender a anatomia do corpo humano, os sintomas das doenças, como combate-las, as técnicas a empregar na diagnose e no tratamento, para ser advogado, precisa da mesma forma aprender as leis que regem os diversos sistemas sociais, económicos e penais, o funcionamento dos tribunais, e os trâmites a seguir no emprego de cada uma delas, mas para investir, a maioria das pessoas acha que basta assistir a alguns tutoriais e ler alguns artigos na internet e já está, já é um investidor, e não é bem assim.

O investimento é uma ciência, e investir é uma arte, para muitos em nosso meio uma profissão, um meio de vida, a forma de obter os rendimentos mais que necessários para uma vida abastada e a tão desejada independência financeira. Com o passar do tempo e com a orientação correta, pode-se obter resultados consistentes e expressivos em seus investimentos que a longo prazo, poderão realmente proporcionar riqueza e tornar possível viver somente destes investimentos se este for o desejo.

Se tem o desejo de tornar-se um investidor de sucesso entre em contato com nossa equipa de especialistas, nós o ajudaremos a escolher um broker e a iniciar uma carreira de investidor.

 

 

Partilhar
Voltar Atrás